Sobre

Conteúdo adicionado no dia 13/10/2014.

Por que alfabetização visual 

A experiência, desenvolvida desde 1990, no trabalho com imagens, junto a diversos grupos e comunidades de baixa renda, aliada a formação de mestrado em artes pela Universidade de Kent, Inglaterra (1996/97), com bolsa do The British Council e da Fundação Vitae, e a atuação como professor visitante na Universidade de Harvard, Graduate School of Education, no Project Zero – Howard Gardner, resultou no trabalho de Alfabetização Visual, realizado por João Kulcsár.

O conceito, fruto da união de vivências e estudos, estendeu-se a uma série de novas ações e projetos. Entre eles, está o trabalho com crianças e jovens, visando a apropriação da linguagem visual para o desenvolvimento de um poder de análise crítica e expressão pessoal, além da capacitação de professores da rede pública e privada, estimulando nos mesmos a potencialização do uso de imagens em sala de aula, associado às diversas disciplinas do currículo regular.

Os projetos aqui reunidos e apresentados têm como objetivo mostrar a prática fotográfica usada como ferramenta para desenvolver a alfabetização visual, a habilidade de entender este sistema de representação, associado a possibilidade da livre expressão através da imagem.