Herança Compartilhada Africana

Olhares cruzados sobre a herança cultural africana

O processo desta exposição fotográfica foi muito rico e percorreu diferentes momentos: começou com a descoberta de Dudley M. Brooks, do jornal The Washington Post, e a viagem ao Brasil; passou pelo workshop com a participação de jovens da associação Despertar, Meninos do Morumbi e alunos do curso de bacharelado em fotografia do Senac, que percorreram as ruas do centro de São Paulo; e teve seu momento final com a viagem de Denise Camargo, fotógrafa e docente do Senac, aos Estados Unidos.


Denise visitou a The New Amsterdam Musical Association, e a The Brotherhood/Sistersol, que desenvolve programas para crianças e adolescentes em situação de risco no Harlem, em Nova Yorque. Em Nova Orleans, explorou o Jazz Festival Heritage, e práticas de vodu. Já Dudley visitou São Paulo e Salvador. Na capital paulista, percorreu as ruas do centro, visitou famílias no Capão Redondo, foi a shows de hip hop, demonstrações de capoeira, a Febem, a Igreja do Rosário, e esteve em um quilombola em Itatiba. Em Salvador, visitou famílias na periferia.


O desejo é que essas imagens possam ser elementos para uma reflexão sobre as influências da cultura africana no Brasil e nos Estados Unidos, visando colaborar para discussão sobre discriminação racial e encontrar caminhos para a justiça social.


João Kulcsar
Curador